Despedidas

25 mar

O melhor dos sonhos é continuar como sonho. Um sonho bom. Ontem dormi tão bem, tão em paz que mais uma vez eu sonhei.

Bom dia João, ela me acordou dando um cheiro nos meus olhos e falando, Já está na hora. Seu avião parte em 3 horas. Olhei para aquele sorriso tremulo e um tanto feliz. Despedidas são sempre partes confusas de nossa vida. Logo mais quando você está acabando de acordar. Dei uma espreguiçada para disfarçar o nervosismo e virei um pouco o corpo para ver como estava a mala. Ali, no canto do quarto, já toda arrumada, preparada para mais uma partida. Tinha feito ela na noite anterior. Fechado tudo que tinha depositado naquele lugar para levar comigo as lembranças. Voltei o olhar e disfarcei, como sempre disfarço… Bom dia, moça!

No caminho do aeroporto não trocamos muitas palavras, se abria a boca para dizer algo, mas não conseguia se dizer nada, É… Sim? O que você quer dizer? Nada! Tava apenas pensando. Tanto eu quanto ela encaramos os dois personagens. Aquele queria dizer e o outro que queria ouvir. Todavia não se falou.

Boa viagem, ela disse e me abraçou, abraçou forte como se fosse a última vez e concluiu, Volta logo. Eu apenas concordei que precisava ir e voltar um dia!

 

Um velho capitão do submarino amarelo!

Anúncios

Uma resposta to “Despedidas”

  1. Fernanda Pessoa 25/03/2012 às 2:42 pm #

    Muito bom, Rodrigo!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: