Algumas dores

7 fev

Cheguei em casa tarde, já vinha pensando a quanto tempo não posto nada aqui, abri o portão e entrei. Quando bati a porta do quarto tirando a bolsa do banco traseiro escutei um grito forte de choro vindo da casa vizinha. O pai gritava com sua criança e ouvia-se um choro e suplicas por alguma coisa. Fiquei logo triste.

Lembro como se fosse hoje, sempre as férias eram os momentos de passar as tardes sentados na calçada falando sobre banalidades e buscando assuntos intermináveis. Di, Dê e Leite moravam na casa da frente, umas 3 vizinhas pro fim da rua tinha Carol, Tisgo e Janjão, na diagonal moravam Fred e o Romulo. Eu era quase filho único, da nossa idade aqui em casa só eu, minha irmã nove anos mais velha nunca participava das nossas brincadeiras.

E foi numa tarde assim que estávamos Eu, Fred e Tisgo sentados, não lembro o motivo, mas o pai de Fred o chamou para dentro de forma ríspida, escutei logo as primeiras chineladas, e o choro do nosso amigo mais novo da turma começou, ele gritou e correu. Mais alguns gritos do pai e pouco mais se ouviu.

Eu fui educado sem uma palmada se quer, Tisgo também, nos olhamos sem querer aceitar, ficamos tristes, não precisava ser assim. Nunca comentamos direito sobre aquele momento, pelo menos que eu me lembre. Mas ainda hoje quando escuto algum pai gritar, ou bater em seu filho, lembro daquela sensação que nunca consegui entender. Por que somos assim? Machucamos sempre aqueles que mais amamos!

Anúncios

2 Respostas to “Algumas dores”

  1. Gisele 07/02/2012 às 4:32 pm #

    Todo ser humano ao nascer é egocêntrico (egoísmo inconsciente, sem nenhuma intenção).. a forma como somos educados vai definir o nosso grau de egoísmo na vida adulta. Mas todos somos egoístas… uns mais, outros menos.. É o nosso egoísmo que nos faz machucar as pessoas que amamos. Somos capazes de fazer qualquer coisa pela nossa satisfaçao pessoal e esquecemos o que isso pode causar nos outros. Por outro lado se não formos egoístas, o mundo nos atropela! Equilíbrio é o segredo de tudo! Mas como é difícil… não é?

  2. Maria 22/03/2012 às 12:50 pm #

    Não precisa ser assim

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: