Meus assombros

3 maio

Um texto antigo…

Se você pensa – Roberto Carlos

Parece-me que as pessoas ainda costumam acreditar que a humanidade está em franco progresso. Eu ando desiludido… pelo menos no campo educacional. Os colégios nos ensinam mais matemática e física… somos os melhores em qualquer olímpiada do gênero, mas o mesmo que debulham uma equação de 3o. ou 18o. grau é o mesmo que não lembra quem foi Hitler, quem foi Castelo Branco, quem foi Guevara, Fidel, não sabem quem são as FARCs e o que elas querem de verdade (não me fale do que você escutou e viu na televisão).

As Escolas são um terror. Meu pai disse para mim outro dia, Tinha aula de inglês, francês, latim, música, filosofia… Eu estudei minha vida no colégio público do governo do estado e meus professores eram os autores dos livros didáticos utilizados no sistema educacional pernambucano, concluiu ele. Tudo bem, você pode até contestar a qualidade do material, ou das aulas, mas eu não lembro de ter tido cadeira de latim, duas línguas estrangeiras, artes e música como disciplina obrigatória e que reprovasse. Quando alguém falava no Colégio Batista, onde eu estudei, em ser reprovado em Filosofia, Sociologia ou Educação Física diziam logo que era impossível. E, reprovava-se a idéia de reprovar alguém nesse tipo de disciplina. Mas, por quê?!

Conheci na faculdade inumeras pessoas que passaram para os melhores cursos: psicologia, comunicação social, medicina, odontologia. Pessoas que nunca leram nada além dos livros paradidáticos do vestibular, ou quando muito se aventuraram, conheceram Paulo Coelho. Há anos, escutei de uma turma de ex-alunos de um paparicado colégio local, que Jangada de Pedras era apenas uma história de cachorros latindo. E, provavelmente, vossa capacidade de leitura não passou disso até hoje. Por mais bem de vida, financeira e social, estejam.

Descobri que ter razão não basta… descobri que tentar dar aula e dizer coisas bonitas para conscientizar aqueles que já estão na ignorância não me cabe mais. Aprendi que é melhor aceitar que as pessoas não querem mudar. E, por isso, vivo hoje, apenas tentando mudar o meu mundo. Aceito que caminhamos para a Idiocracia, provável, eu seja um. Todavia, hoje, só me relaciono ou quero conhecer pessoas que não querem saber de cálculos de matemática ou leis da física.

Sou um crápula, pois, toda vida que conheço alguém já os relaciono pelo que lêem, o que escutam, o que vêem e onde andam… sempre pergunto discretamente sobre isso… sempre julgo minhas companhias inicialmente por conta disso. Não por querer ser melhor ou pior… apenas para conviver com as pessoas que parecem comigo.

Eu apenas queria que o mundo fosse um pouquinho melhor, e quando eu conhecesse alguém as coisas não fossem tão obvias… estou ficando triste com as pessoas… estou me decepcionando comigo mesmo! Latim não é necessário saber… mas saber quem foi Hitler ao invés de uma sentença matemática isso é essencial (Não ache que estou exagerando, essa foi uma dúvida que tirei de uma ex-aluna minha pré-vestibulanda para medicina).

Pois bem… a educação é a profissão que eu mais me afasto todos os dias… pois não consigo ver soluções. Já escutei de professores famosos de pré-universitários que a aula que ele dava era de acordo com o valor da sua hora/aula. Ele dizia, quem paga mais, recebe maior carga de conhecimento. Pena que ele só ensinava fórmulas para cálculos físicos… nunca ensinou ninguém a pensar. Ele também, nunca pensou!

Parabéns a todos aqueles que conseguem conviver com o mundo em que vivemos!

Abraços,
Fuser

obs: Esse texto foi retirado de um antigo blog meu, o Submarino Amarelo, onde eu assina como: O Capitão.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: