Sensações ruins e reflexão.

13 abr

Madrugada, ainda sem sono, resolvi sair do quarto e ir beber uma água. La fora chovia torrencialmente.

Passei pela sala onde tenho alocado meus livros e cds e berimbelos enquanto a reforma do quarto não termina e os locais de guardar tudo ainda não estão montados. Percebi que no alto do pé direito, pelos combogós a chuva batia e espirrava água por toda a sala.

Meus livros! Meus discos!!!

Nunca me desesperei tanto. Tenho pouca coisa que posso dizer ser só meu. De mais ninguém. Que tenho bastante carinho. Olha, mexa com tudo, mas meus livros e meus discos, não!

Fiquei desesperado a chuva molhando tudo, não sabia o que fazer, se tirava tudo ou tentava cobrir. Pulei no quarto peguei vários lençóis, colchas, toalhas, o que pude, e sai cobrindo.

Olhava para aquilo, aquela situação, não tinha estragado tudo, quem havia sofrido mais foram as xerox de faculdade, que também tenho carinho bastante carinho.

Olhava e comecei a chorar triste, sentei do lado e não sabia o que fazer.

Hoje passado a agonia repensei. Não é uma questão de quantidade material, ou valor. É conquista. Tudo aquilo que fiz para conquistar cada bem. O que escutei ao longo por querer ter aquilo e ser mal quisto por quem eu queria bem. Trabalhos, histórias… Memórias!

Imaginei todos aqueles que perderam algo por conta da chuva. Perderam as casas, os carros, as geladeiras, fogões, camas, sonhos de quem trabalhou bastante para conquistar tudo aquilo que a água sem trégua resolveu levar.

Sou muito feliz de não ter acontecido nada demais, os livros e cds estão novamente protegidos. Mas a sensação que passei não foi nada agradável. E não queria que ninguém sofresse por conta das enchentes, desmoronamentos, todo caos natural. Deve ser muito desesperador!

E agora? lavar a calçada, varanda que trouxe a terra para dentro de casa, esperar o sol para colocar os livros e evitar o mofo. Continuar!

 

Abraços,

Rodrigo

 

ps.: Esse não é um texto comparativo, longe disso, apenas descrevendo sensações que tive e sei que outros já passaram por coisas piores. Ninguém nessa vida é melhor ou pior que alguém. Cada um com suas experiência. E o respeito por tudo aquilo que alguém um dia passou!

 

Anúncios

Uma resposta to “Sensações ruins e reflexão.”

Trackbacks/Pingbacks

  1. Última vontade de reclamar | submarino amarelo - 21/05/2014

    […] Sensações ruins – escrito em 13/4/2011 […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: