Diversão deveria ser gratuita?!

3 mar

Outro dia assistindo ESPN Brasil, falavam da Copa2014 sede SP. Nota: “Quem construir o estádio do Corinthians ganha isenção fiscal”. Retrucavam: Noutras palavras, o povo paga! Já que o dinheiro não é arrecadado para construção e manutenção de bens públicos, é dinheiro do povo que está sendo gerido para fins particulares.

Nós nos acostumamos a acreditar que a diversão deveria ser um produto gratuito. Haja vista a política militar de anos passados (ainda bem, se foram). Mas a crença do pão e circo continua.

Todos os governos usam desse artifício para popularizar seus mandatos. E, o povo, acaba mantendo tradições tanto escusas. O problema não está na tradição, pois ela é inventada. O problema está na experiência que é mantida e aceita.

Tudo bem, algo pode falar que diversão deveria também ser gratuita… todavia não aceito esse argumento quando a educação está morta e a saúde do país da seus últimos suspiros! Diversão, leite-moça, coca-cola e requeijão é supérfluo no Brasil! Contudo, no carrinho de compras alguém coloca essas escolhas em primeiro lugar.

E, lembre-se, na vida nada é de graça, tudo tem seu preço. Mas você escolhe (ou não) pelo que quer pagar. Pena que num país democrático, a maioria sempre manda! Eu, de fato, prefiro educação e saúde, saneamento básico, transporte coletivo de qualidade, vias adequadas para automóveis e calçadas e sinalização para pedestres em primeiro lugar. Mas também sei que o que desejo não é o desejo de quem manda… a maioria democrática!

Abraços,

Fuser

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: